Bíblia e Tradição

1 – Há muito e muito coisa que Jesus ensinou aos apóstolos, ordenando-lhes que no-las transmitissem, e que não estão no Bíblia. Cf. João 20:30, 21 :25, e Mateus 28:20.

Onde estariam esses ensinamentos de Nosso Senhor? Desapareceram talvez, apesar da ordem aos apóstolos; “ensinai-lhes todas as coisas que vos mandei”? Os ensinamentos de Cristo não consignados nas páginas da Bíblia, com carinho e amor, foram guardados pela Igreja, que tem por munus, conservar pura a doutrina Toda de seu Fundador. Tudo, pois, quanto o Senhor nos deixou, a Igreja o conservou em seus ANAIS: a TRADIÇÃO. E não é razoável? Não é o que fazem os bons filhos? Há nisso alguma coisa demais??

2 – Uma pessoa, portanto, que SINCERAMENTE quer ser cristã e quer seguir a Religião de Cristo, tem que aceitar, além da Bíblia que é parcial, também o seu complemento, a TRADIÇÃO. É o único meio para ser cristão de Cristo Jesus.

E… as mil religiões que dizem aceitar Só a Bíblia, não é verdade que são, portanto, INCOMPLETAS, PARCIAIS, ERRADAS? Seriam ainda por cima, a Igreja de Cristo?…

3 – Como isso tudo é claro, humano, lógico, razoável, para quem ama a Verdade! Devia ser assim mesmo. Mas tudo quanto acabamos de explicar, não estará, porventura, também na Santa Bíblia? Está, senhor, e muito claramente. Meditai os seguintes textos:

S. Paulo aos tessalonicenses: “Mantende-vos, pois, firmes, irmãos e guardai os ENSINAMENTOS que recebestes, quer pela PALAVRA, quer pela nossa CARTA” (li Tes. 2:15).

A Timóteo, Paulo escreve: “O que de mim OUVISTE, perante muitas testemunhas, CONFIA-O a HOMENS fiéis, CAPAZES DE ENSINAR A OUTROS” (li Tim. 2:2). Que clareza meridiana!

4 – Que concluir? Que há TRADIÇÃO. Que a tradição tem o mesmo valor que a Bíblia. Que toda religião fundada só no Bíblia, não é a Religião de Cristo. Se não é de Cristo, de que serve pertencer a ela? E para que tanta propaganda em favor do erro? Pior: porque assim o demônio na perdição das almas?…

“Portanto, irmãos, ficai firmes, permanecei fiéis à tradição que, ORALMENTE ou por escrito, recebestes de nós”.

Para todos os “crentes”, “evangélicos”, “protestantes”, o Cristianismo baseia-se SOMENTE na S. Escritura. O que historicamente é impossível e, portanto, falso. Razão: ANTES DE EXISTIR O NOVO TESTAMENTO, JÁ EXISTIA, DE HÁ MUITO, A IGREJA DE CRISTO.

2 – O primeiro livro do Novo Testamento foi escrito uns 15 anos DEPOIS da Ascensão de Jesus. Os últimos, uns 60 anos DEPOIS. Guarde o leitor a data da FUNDACÃO DA IGREJA DE CRISTO: ano 33.

Eis as datas em que foram escritos os livros do Novo Testamento:…

MATEUSAno 50PORTANTO, 17 anos DEPOIS;
1ª aos TESSALONICENSESAno 52PORTANTO, 19 anos DEPOIS;
2ª aos TESSALONICENSES-Ano 52PORTANTO, 19 anos DEPOIS;
GALATASAno 54PORTANTO, 21 anos DEPOIS;
1ª aos CORÍNTIOSAno 54PORTANTO, 21 anos DEPOIS;
MARCOSAno 55PORTANTO, 22 anos DEPOIS;
2ª aos CORÍNTIOSAno 57PORTANTO, 24 anos DEPOIS;
Aos ROMANOSAno 57PORTANTO, 24 anos DEPOIS;
TIAGOAno 59PORTANTO, 26 anos DEPOIS;
Aos COLOSSENSESAno 61PORTANTO, 28 anos DEPOIS;
A FILEMONAno 61PORTANTO, 28 anos DEPOIS;
Aos EFÊSIOSAno 61PORTANTO, 28 anos DEPOIS;
JUDAS TADEUAno 62PORTANTO, 29 anos DEPOIS;
Aos FILIPENSESAno 62PORTANTO, 29 anos DEPOIS;
LUCASAno 63PORTANTO, 30 anos DEPOIS;
ATOS DOS APÓSTOLOSAno 63PORTANTO, 30 anos DEPOIS;
Aos HEBREUSAno 63PORTANTO, 30 anos DEPOIS;
1ª DE PEDROAno 64PORTANTO, 31 anos DEPOIS;
A TITOAno 65PORTANTO, 32 anos DEPOIS;
1ª a TIMÓTEOAno 65PORTANTO, 32 anos DEPOIS;
2ª a TIMÓTEOAno 66PORTANTO, 33 anos DEPOIS;
2ª de PEDROAno 67PORTANTO, 34 anos DEPOIS;
1ª DE JOÃOAno 92PORTANTO, 59 anos DEPOIS;
APOCALISEAno 96PORTANTO, 63 anos DEPOIS;
JOÃO (EVANGELHO)Ano 98PORTANTO, 65 anos DEPOIS;
2ª de JOÃOAno 99PORTANTO, 66 anos DEPOIS;
3ª de JOÃOAno 99PORTANTO, 66 anos DEPOIS.

INÚTIL, COMENTÁRIO …

3 – Imaginemos agora que esta impossibilidade histórica: “Bíblia, única regra de fé”, (base exclusiva em que se equilibra a vida do protestantismo), fosse verdade. Pergunto-vos: Mas, ANTES de serem escritos os livros do Novo Testamento, JÁ NÃO HAVIA Cristo fundado a SUA IGREJA sobre Pedro? Acaso morrera Cristo e subira aos céus, sem ter fundado a SUA IGREJA? Acaso apareceu ela SOMENTE no ano 99, isto é, 66 anos DEPOIS da morte de Jesus???…

Que ridículo, que grotesco teria sido aos primeiros cristãos a moderna doutrina “bíblia só bíblia”. Pois eles, cristãos autênticos, que viveram TÃO PERTO de Jesus Cristo, nem sequer conheciam o Novo Testamento, que… estava ainda por nascer…

A religião de Cristo é ANTERIOR aos livros do Novo Testamento. Para conhecê-la, é preciso saber o QUE FOI PREGADO pelos Apóstolos, ANTES de terem sido ESCRITOS OU COLECIONADOS os livros do Novo Testamento.

4 – Deixemos de lado a teoria inconsistente e falsa da “bíblia só blíblia como única regra de fé”; e vejamos claro, como é que DE FATO foi no começo da Igreja de Cristo. Vemos então que ANTES DE SEREM ESCRITOS TODOS OS LIVROS DO NOVO TESTAMENTO, Jesus Cristo JÁ FUNDARA A SUA IGREJA SOBRE PEDRO. ANTES de serem escritos todos os livros do Novo Testamento, JÁ REALIZARA em Jerusalém, o 1º CONCÍLIO DA IGREJA CATÓLICA. ANTES de serem escritos todos os livros do Novo Testamento, JÁ FORA SUBSTITUÍDO pela liturgia católica, o cerimonial judaico. ANTES de serem escritos os livros do Novo Testamento, JÁ HAVIAM OS APÓSTOLOS pregado a doutrina de Jesus; e multidões e multidões de pagão JÁ se tinham convertido pelas PREGAÇÕES dos apóstolos e seus sucessores… ANTES de serem escritos os livros do Novo Testamento, JÁ tinham sido MARTIRIZADOS TODOS os apóstolos, exceto João. ANTES de serem escritos os livros do Novo Testamento, QUANTOS MILHAHES de cristãos JÁ TINHAM MORRIDO mártires da FÉ, recebida pela AUDIÇÃO da palavra de Deus…

5 – Isso tudo são FATOS. FATOS HISTORICOS !

Que papel não fazem aqueles que, apesar de VER A VERDADE, apregoam a mentira?! Mentira, que tanto prejudicam as almas e Jesus Cristo na sua lgreja! Homens de caráter nobre, amantes da verdade, que prazer poderiam encontrar em servir tal causa ? Aos que a servem, perguntamos entristecidos: por que continuar sendo falsificador e falsário? Sêde nobres! Amai a Verdade acima de vós mesmos! Sêde sinceros…

Pedro Strabelli in A Santa Bíblia ante as mil seitas protestantes.

Este texto foi útil para você? Compartilhe!

Deixe um comentário