Oração ao Dulcíssimo Menino Jesus

℣. Divino Jesus, que por nosso amor já no presépio vos oferecestes ao Vosso Pai, e no Santíssimo Sacramento conosco quereis ficar até o fim dos séculos, com profunda humildade Vos adoramos. Graças Vos rendemos pela Vossa infinita misericórdia; pesa-nos de termos pecado contra a Vossa bondade. De hoje em diante sereis nosso único amor e servir-Vos-emos até ao fim da nossa vida. – Unimos as nossas orações com aquele amor e devoção, com que Vossa Mãe Santíssima e São José, os Santos Anjos, os pastores de Belém e os Magos do Oriente Vos adoraram.

℟. Pelo amor de Vosso eterno Pai, – e pelo dulcíssimo nome de Vossa Mãe Imaculada – humildemente Vos pedimos, – atendais benigno às nossas súplicas. – Dai aos infiéis a luz da fé, – aos pecadores a graça da conversão, – às almas dos fiéis defuntos o eterno descanso, – e a todos que vivem na Vossa santa graça, – o aumento do Vosso amor e a perseverança final. – Que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Assim seja.

1. ℣. Dulcíssimo Menino Jesus, que descestes da habitação celeste para nos salvar, fostes concebido do Espírito Santo, sem Vos causar horror o seio duma Virgem, e assumistes, Verbo feito carne, a forma de servo, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

2. ℣. Dulcíssimo Menino Jesus, que por meio da Santa Virgem, Vossa Mãe, visitastes a Santa Isabel, e enchestes do Espírito Santo a Vosso Precursor João Batista, e o santificastes no seio de sua mãe, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

3. ℣. Amabilíssimo Menino Jesus, que tão ardentemente desejado por Maria e São José, antes do Vosso nascimento, Vos oferecestes como vítima a Deus Vosso Pai, para a salvação do mundo, tende compaixão de nós!

℟. Tende com paixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

4. ℣. Dulcíssimo Menino Jesus, nascido da Virgem Maria em Belém, envolto em panos, deitado numa manjedoura, anunciado pelos anjos e visitado pelos pastores, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

5. ℣. Dulcíssimo Menino Jesus, que, circuncidado ao oitavo dia depois do Vosso nascimento, recebestes o nome de Jesus, e Vos mostrastes desde então Salvador nosso, tanto por este nome glorioso, como pela efusão do Vosso sangue, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

6. ℣. Adorabilíssimo Menino Jesus, que, revelado aos Magos do Oriente, recebestes nos braços de Vossa Mãe suas adorações e presentes misteriosos, o ouro, o incenso e a mirra, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

7. ℣. Admirabilíssimo Menino Jesus, apresentado no templo pela Santa Virgem, Vossa Mãe, recebido nos braços do santo velho Simeão, e revelado a Israel pela profetisa Ana, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

8. ℣. Humilíssimo Menino Jesus, perseguido com a morte pelo iníquo Herodes, transportado ao Egito por São José e Vossa Mãe, escapo por este meio à cruel matança dos inocentes, e glorificado por seu martírio, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

9. ℣. Dulcíssimo Menino Jesus, que, desterrado para o Egito com Vossa Mãe Santíssima, a Virgem Maria, e o patriarca São José, aí ficastes até à morte de Herodes, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria… ‘

10. ℣. Mansíssimo Menino Jesus, que, tornado do Egito para a terra de Israel com Maria e José, depois de ter sofrido nesta viagem, vivestes oculto na cidade de Nazaré, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

11. ℣. Obedientíssimo Menino Jesus, que morastes na casa de Nazaré, humildemente submisso a Maria e José, vivendo em pobreza e trabalhos, crescendo em sabedoria, idade e graça, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

12. ℣. Diviníssimo Menino Jesus, perdido na cidade de Jerusalém na idade de doze anos, procurado com dor por Maria e José, e três dias depois por eles encontrado com alegria entre os doutores, tende compaixão de nós!

℟. Tende compaixão de nós, ó Jesus, Menino, – tende compaixão de nós!

Ave Maria…

℣. O Verbo se fez carne,
℟. E habitou entre nós (Jo 1).

Oremos. Deus onipotente e eterno, Senhor do céu e da terra, que Vos revelais aos humildes, fazei, nós Vos pedimos que, meditando e honrando dignamente os mistérios da santa infância de Jesus, Vosso divino Filho, e nos aplicando a imitar Suas virtudes, como é nosso dever, possamos chegar ao reino dos céus, prometido aos humildes. Pelo mesmo Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.

(Segundo sto. Afonso de Ligório).

Rezar a Ladainha do Santíssimo Nome de Jesus (Clique aqui).

MAGNIFICAT – Devocionário para uso comum e particular dos fiéis no convento e no século – Pe João Batista Lehmann, 1942.

Este texto foi útil para você? Compartilhe!

Deixe um comentário