• Reflexão e Conversão

    Como proceder na tentação

    1. Grande número de tentações podem ser evitadas por uma séria vigilância. Em vez de ceder aos caprichos dos sentidos, deves dominá-los. Vindo, porém, a tentação, não a tenhas por invencível. Deus não permite que sejas tentado acima de tuas forças. Reza logo, aliando-te assim com Deus, o mais forte e fiel dos aliados. Invoca o nome de Jesus, recomenda-te à tua Mãe, Maria. Sobretudo, resiste imediatamente, que assim o tentador fugirá. Brincar com a tentação é mais perigoso: é o princípio da derrota… Como procedes? 2. Não passando logo a tentação, fortifica-te com pensamentos salutares: Deus me vê! Como tu poderia cometer tamanha maldade perante Seus olhos? Que ganharia?…

  • Reflexão e Conversão

    O devoto de Maria Santíssima deve imitar-lhe as virtudes

    Nunc ergo, filii, audite me: Beati qui custodiunt vias meas – “Agora pois, filhos, ouvi-me: bem-aventurados os que guardam os meus caminhos” (Prov. 8, 32). Sumário. A Santíssima Virgem, depois que tirou alguma alma das garras de Lúcifer, quer que ela se aplique à imitação das suas virtudes, pois que, de outro modo, não poderá enriquecê-la com as suas graças, vendo-a a si contrária nos costumes. Entremos, portanto, nas vistas de nossa boa Mãe; e estejamos certos de que é este o melhor obséquio que lhe podemos fazer. Se não nos sentirmos com força suficiente, roguemo-la à Bem-Aventurada Virgem que se chama e é a dispensadora de todas as graças. Diz Santo…