Termo: Cemitério

« Back to Glossary Index

Cemitério é o dormitório onde os mortos esperam o dia da ressurreição universal. É direito da Igreja católica possuir cemitérios próprios (C. 1206). Cada paróquia deve ter o seu cemitério, a não ser que pelo Bispo do lugar seja designado um para várias paróquias. Os religiosos isentos podem ter cemitério próprio, distinto do cemitério comum. O Bispo do lugar pode permitir a outras pessoas morais ou famílias particulares que tenham sepultura privada fora do cemitério comum, benzida à maneira de cemitério. (C. 1208).

O cemitério deve ser convenientemente fechado por todos os lados e cautelosamente guardado (C. 1210). O cemitério para a sepultura dos fieis deve ser benzido com bênção litúrgica, dada pelo Bispo ou com sua autorização. Além do cemitério benzido deve haver, sendo possível, um lugar vedado e guardado, em que se enterrem os cadáveres a que se não possa dar sepultura eclesiástica (C. 1212).

Não havendo esse lugar vedado, haja ao menos e para o mesmo fim uma parte do cemitério comum não benzido. Convém que no cemitério haja uma Capela decente com o competente altar para aí se poder celebrar a Santa Missa. Os membros amputados dos fiéis devem ser sepultados em lugar sagrado.

Os Bispos dos lugares, os Párocos e os Superiores respectivos procurem evitar que nos cemitérios os epitáfios, elogios fúnebres, e os ornatos dos sepulcros contenham qualquer coisa que seja destoante da Religião católica e da piedade (C. 1211) — Os sepulcros dos Sacerdotes e doutros Clérigos devem ser separados dos sepulcros dos leigos, e colocados em lugar mais nobre, se isso fôr possível; além disso os sepulcros dos Sacerdotes sejam distintos dos outros Clérigos, quando isso possa fazer-se comodamente (C. 1209). Os corpos das crianças que não completaram sete anos devem ter lugar e sepultura separados dos outros, se isso fôr fácil (C. 1209). Exortem-se os fiéis a colocar nas sepulturas aigum piedoso sinal, especialmente a cruz, para significar que os ali sepultados viveram e morreram em Nosso Senhor (C. P.).

Deve aconselhar-se os fiéis a que ao passarem diante dalgum cemitério se descubram e sufraguem com as suas orações as almas das pessoas ali sepultadas.

Este texto foi útil para você? Compartilhe!
« Voltar para índice