• Reflexão e Conversão

    Salva a tua alma!

    I – O QUE TODO CRISTÃO DEVE SABER PARA SALVAR-SE A) As quatro verdades necessárias: 1ª Há um só Deus verdadeiro.2ª Em Deus há três pessoas realmente distintas: Pai, Filho e Espírito Santo.3ª O Filho de Deus se fez Homem, padeceu e morreu na cruz para nos salvar.4ª Depois da morte, Deus dá o céu aos bons e o inferno aos maus, para sempre. B) Além dessas verdades, o cristão é obrigado a saber: 1º O Credo.2º O Pai Nosso e a Ave Maria.3º Os Mandamentos de Deus e da Igreja;4º Os Sacramentos, particularmente os pontos que se referem ao Batismo, Penitência e Eucaristia. II – O QUE TODO CRISTÃO…

  • Reflexão e Conversão

    Karl Marx e Satã

    Numa excelente revista belga, Bulletin Indépendant d´Information Catholique, no. 150 – número especial com que se despede dos leitores, não podendo manter-se pela simples e clara razão de ser excelente – li um artigo cuja difusão me parece um imperativo dos tempos presentes. Trata-se da recensão do livro Karl Marx et Satan recentemente publicado nas Edições Paulinas – Apostolat des Editions – pelo judeu convertido ao cristianismo Richard Wurmbrandt, que sofreu na URSS muitos anos de trabalhos forçados em razão de sua fé cristã. Se último livro é revelador de relações estreitas entre o satanismo e o comunismo, que o autor considera como uma encarnação política do Demônio. Segundo A.…

  • Reflexão e Conversão

    Pecado e conversão

    1. Ainda que as tentações possam concorrer para maior virtude, elas não deixam de ser perigosas, por pintarem o bem a esperar-se pelo pecado, como grande e apreciável, estimulando a fantasia e a paixão. O perdão de que precisas depois do pecado, é por elas apresentado como extremamente fácil e sem incômodo algum. Feito, porém, o pecado, a conversão se afigura pesada, penosa, senão impossível. De todos estes enganos o autor é aquele que é o pai da mentira: o demônio. Não deves, pois, ouvi-lo. 2. É mentira que o pecado seja doce. Será doce o que é seguido de confusão, de vergonha, de aflição, de remorsos? Ainda que fosse…

  • Reflexão e Conversão

    Desejo de Jesus de sofrer por nós

    Baptismo habeo baptizari: et quomodo coarctor, usque dum perficiatur? – “Tenho de ser batizado com um batismo: e quão grande não é a minha ansiedade até que ele se cumpra” (Luc. 12, 50). Sumário. Sendo o sofrimento suportado pela pessoa amada a prova mais patente do amor, e o que mais cativa o amor da pessoa amada, nosso Senhor suspirou em todo o correr de sua vida pelo dia em que havia de ser batizado com o seu próprio sangue. Na véspera da sua Paixão foi ele mesmo ao encontro dos seus inimigos, como se viessem para o levarem, não ao suplício, mas à posse de um grande reino. Ó amor imenso…