Tríduo de ação de graças a São José por um benefício recebido

I.

Eu Vos bendigo e Vos rendo graças, ó meu amorosíssimo protetor São José, por haverdes volvido o vosso olhar benigno ao misero pecador, vosso devoto, por me terdes consolado na aflição e socorrido na dura necessidade que tanto me oprimia. Fazei que, eu, ó Santo querido, não cesse jamais de Vos ser agradecido pelo benefício recebido, de modo que possa gozar sempre de vossa proteção.

Pai Nosso, Ave Maria e Gloria Patri.

II.

Eu Vos bendigo e Vos rendo graças, ó meu poderosíssimo advogado São José, por terdes prestado ouvido atento e benévolo a minhas suplicas, e por me haverdes livrado do perigo, e acudido na hora da tribulação. Eu Vos rogo, ó meu amado Santo que Vos digneis assistir-me com o vosso valioso patrocínio em todo o curso da vida, e especialmente na hora da minha morte.

Pai Nosso, Ave Maria e Gloria Patri.

III.

Eu Vos bendigo e Vos rendo graças, ó meu afetuosíssimo Pai São José, por me haverdes estendido a mão benfazeja a socorrer-me com tanta liberalidade na terrível crise, em que ainda há pouco, animado de justa confiança, Vos invoquei. Ó dileto Santo, Vós que tudo podeis, como Pai adotivo de Jesus e puríssimo esposo de Maria, sua Santíssima Mãe, continuai a abrigar-me com o vosso manto, e me assegurai o melhor de todos os dons, isto é, que, mediante uma vida inteiramente cristã e uma santa morte, chegue eu a gozar a Deus, e a render-lhe graças e bendize-lo convosco por todos os séculos no paraíso. Amen.

Pai Nosso, Ave Maria e Gloria Patri.

Adoremus – Manual de Orações e Exercícios Piedosos por D. Frei Eduardo José Herberhold O.F.M, 1929.

Este texto foi útil para você? Compartilhe!

Deixe um comentário