• Reflexão e Conversão

    Pecar é romper com Deus

    1. Há só uma verdadeira desgraça: o pecado. tudo mais é menos grave. Pecando, preferes tua vontade à de Deus rompes com Ele. Mas quem é Deus a quem ousas ofender? É o Senhor que te criou, que é tão grande e santo, diante de quem se ajoelham todos os que estão no céu na terra e debaixo da terra. E quem és tu? Uma criatura ricamente adornada e distinguida, mas sempre criatura… mortal, pobre e fraca. 2. Pecando, ofendes teu Pai divino, a quem tu deves os dons da natureza e os da alma. Em verdade Deus tem toda a razão de se queixar: “Filhos alimentei e criei, mas…

  • Reflexão e Conversão

    A Religião

    Muitas pessoas pensam que a Religião consiste apenas num conjunto de preces e ritos, que se realizam em determinado lugar e a certas horas. Terminado isto, a religião nada mais tem que ver com os nossos atos. Este conceito é muito errado. A Religião envolve toda a nossa vida, orienta todas as nossas ações. Não é coisa de um instante e de um lugar, mas é de todos os lugares e de todos os momentos de nossa vida. Ou ainda melhor: a Religião é a vida. Os direitos do Criador Nós fomos criados por Deus: o nosso corpo nos foi dado pelos nossos pais, mas a nossa alma foi criada…

  • Reflexão e Conversão

    Quinto Domingo depois da Páscoa – Pe. Júlio Maria, S.D.N.

    Quinto Domingo depois da Páscoa (Jo. 16, 23-30) Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: E naquele dia não me interrogareis sobre nada. Em verdade, em verdade vos digo: se vós pedirdes a meu Pai alguma coisa em meu nome, ele vo-la dará. Até agora não pediste nada em meu nome: pedi e recebereis, para que o vosso gozo seja completo. Eu vos disse estas coisas em parábolas. Mas virá o tempo em que não vos falarei já por parábolas, mas abertamente vos falarei do Pai. Nesse dia pedireis em meu nome: e não vos digo que hei de rogar ao pai por vós: Porque o mesmo Pai vos ama,…

  • Reflexão e Conversão

    Quinto Domingo depois da Páscoa: As promessas de Deus e a eficácia da oração

    Amen, amen dico vobis: si quid petieritis Patrem in nomine meo, dabit vobis – “Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai em meu nome, Ele vo-la dará” (Io. 16, 23). Sumário. Considera como o divino Redentor engrandece a eficácia da oração: Em verdade, em verdade vos digo: que tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo dará. Nem é só neste lugar, mas em muitos outros lugares do Antigo e Novo Testamento, que Deus promete ouvir a quem o roga. Animo pois, e nunca deixemos de recorrer ao Senhor. Peçamos sempre as graças no nome e pelo amor de Jesus Cristo. E para sermos…