• Reflexão e Conversão

    Propagandistas do erro – Parte 1: Que são os emissários protestantes ?

    Que são os emissários protestantes ? Um amalgama de três coisas detestáveis: ignorância, soberba e turbulência. Arvoram-se em mestres de religião, sem que tenham procedido ao mínimo estudo desta ciência. Todo o seu preparo consiste no conhecimento de alguns versículos da Bíblia – que entendem às avessas – e de meia dúzia de tolices que algum embusteiro lhes infiltrou na cabeça. E com essa bagagem ridícula aqui os tendes como improvisados mestres, atacando estupidamente o que, por inteiro, ignoram: a Igreja, o Papa, os Bispos, o Clero, os dogmas católicos, as leis eclesiásticas, o culto da Virgem, dos Santos, das imagens, etc. Papaguear é o seu mister, porque quase nada…

  • Reflexão e Conversão

    O nosso bom Salvador lastima-se da ingratidão dos pecadores e os convida a virem lançar-se em seus braços

    Nunc ergo, habitatores et viri Juda, judicate inter me et vineam meam. Quid est quod debni ultra facere vineae meae et non feci ei? “Agora, habitadores de Jerusalém e varões de Judá, sede vós os juízes entre mim e a minha vinha. Que mais podia eu fazer por ela, que lhe não tenha feito?” (Is 5, 3-4) A quem fala assim Jesus? A quem dirige estas palavras? É a mim, pobre pecador, a mim é que Ele fala; a mim é que Ee diz com assento da mais viva ternura: “Meu filho, que mais posso eu fazer por ti?” Amar-me-ás tu agora de todo o teu coração? Acabarás de sacrificar-me…

  • Reflexão e Conversão

    Gozos eternos

    1. Por que tantos estão como acorrentados a este mundo? É devido aos breves prazeres da terra. Estes mesmos deviam antes lembrar-nos daqueles eternos gozos, de que são apenas um reflexo. O que na terra é chamado prazer, é comum a justos e pecadores. Que deverá, pois, ser aquilo que Deus reservou a seus favorecidos! Aos inimigos já dá tanto, aos filhos diletos não dará infinitamente mais? 2. Quanta diferença entre o gozo de cá e o de lá! Cá, em tudo, há algo de amargo; lá, tudo é puro e completo. Aqui, todo o gozo é breve; apenas te divertes e já chegas ao fundo do cálice dos prazeres;…

  • Orações,  Reflexão e Conversão

    Maria Santíssima, modelo de castidade

    Sicut lilium inter spinas, sic amica mea inter filias – “Como é a açucena entre os espinhos, assim é a minha amiga entre as filhas” (Cant. 2, 2). Sumário. A pureza da Santíssima Virgem foi tão grande, que o Verbo divino a elegeu para sua Mãe, afim de que servisse a todos de exemplo de castidade. Como recompensa da sua inefável virgindade, Maria tem o privilégio de preservar do pecado os seus devotos e de os levantar depois da queda. É necessário, porém, que da nossa parte ponhamos em prática os meios para vencer, especialmente o evitar as ocasiões, e praticar a oração, consagrando-nos à Virgem de manhã e à noite, e…