Jaculatórias e práticas piedosas enriquecidas com indulgências

O uso frequente de breves orações, chamadas jaculatórias, é de grande proveito para a alma. Por elas conserva-se a lembrança da presença de Deus, renova-se o fervor, faz-se progresso no amor de Deus e ganham-se sempre nova graças e novos merecimentos. E estas orações podem ser recitadas facilmente, a qualquer hora e em qualquer lugar, no trabalho, no caminho, à mesa, no recreio. Por isso os Santos recomendavam sempre estas orações e a santa Igreja, para maior estímulo dos fiéis, enriqueceu de indulgência grande número delas. Damos em seguida algumas, sendo assinaladas com I. P. aquelas por cuja recitação quotidiana se ganha uma vez por mês uma Indulgência Plenária, fazendo-se a Confissão e Comunhão e rezando-se na intenção do Papa. Cumprem a condição da Confissão e Comunhão para todas as Indulgências Plenárias ocorrentes os fiéis que se confessam ao menos duas vezes por mês e comungam cinco vezes por semana. Todas as indulgências podem ser aplicadas às almas do purgatório

01 – Fazendo o sinal da cruz e dizendo: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ganham-se 100 dias de indulgência. Fazendo-o com água benta (300 dias). – 678.

02 – Ao Rei dos séculos, imortal e invisível, único Deus, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém! (500 dias; I. P.). – 1.

03 – Santo, santo, santo sois vós, Senhor Deus dos exércitos. Os céus e a terra estão cheios de vossa glória. (300 dias). – 2.

04 – Seja feita, louvada e exaltada eternamente a justíssima, altíssima e amabilíssima vontade de Deus em todas as coisas! (500 dias; I. P.). – 4.

05 – Meu Deus, dou-vos graças pelo que dais e pelo que tirais. Seja feita a vossa vontade! (300 dias). – 9.

06 – Meu Deus, tende piedade de mim pecador! (500 dias). – 14.

07 – Ó Deus, vós sois todo-poderoso, fazei-me santo! (Santo Afonso). (500 dias). – 15.

08 – Em vossas mãos, Senhor, encomendo o meu espírito. (500 dias; I. P.) . – 19.

09 – Ó Deus, vinde em meu auxílio ; Senhor apressai-vos a socorrer-me! (500 dias; I. P.) . – 20.

10 – Senhor, aumentai-nos a fé! (500 dias; I. P.). – 38.

11 – Senhor, não vos lembreis de nossas antigas maldades, e perdoai os nossos pecados por amor do vosso nome! (500 dias). – 24.

12 – Eterno Pai, eu vos ofereço o sangue preciosíssimo de Jesus Cristo em desconto dos meu pecados, em sufrágio das santas almas do purgatório e pelas necessidades da santa Igreja. (500 dias; I. P.) . – 219.

13 – Meu Jesus, misericórdia! (300 dias; I. P.). – 70.

14 – Jesus, meu Deus, eu vos amo sobre todas as coisas. (300 dias). – 72.

15 – Saudação cristã: – Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. R: Para sempre seja louvado. (300 dias; I. P.). – 697.

16 – Senhor meu e Deus meu! (7 anos, quando se reza esta jaculatória na Elevação ou perante o Santíssimo exposto). – I. P. (133).

17 – Louvado e agradecido seja a todo momento o Santíssimo e Diviníssimo Sacramento! (300 dias; I. P.) – 136.

18- Eu vos adoro a cada momento, ó vivo pão do céu, grande Sacramento. (300 dias; I. P.). – 137.

19- Pela genuflexão diante do sacrário, fazendo-se um ato de adoração . . . (300 dias).
Pela genuflexão dupla diante do Santíssimo exposto . . . (500 dias). Por um sinal exterior de reverência ao passar na frente de uma igreja. . . (300 dias). – 146.

20 – Pela participação nas procissões eucarísticas, dentro ou fora da igreja. . . (5 anos, e tendo-se comungado, Ind. Pl.). – 150.

21 – Senhor, não sou digno que entreis em minha morada, mas dizei uma só palavra e minha alma será salvo. (500 dias; I. P.). – 156.

22 – Em cada visita nos dias da Adoração das 40 Horas, e da Exposição mensal, rezando-se 6 Pai-Nossos, 6 Ave-Marias e 6 Glória ao Pai. (15 anos e I. P. em cada dia que se comungar). Nas visitas e na Hora Santa. . . (10 anos e I. P. tendo-se comungado nesse dia). – 148.

23 – Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos, porque por vossa santa cruz remistes o mundo. (3 anos; I. P.). – 191.

24 – Ó bom Jesus, em vossas chagas escondei-me. (300 dias). – 199.

25 – Jesus, manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao vosso! (500 dias; I. P.) . – 227.

26 – Divino Coração de Jesus, convertei os pecadores, salvai os agonizantes, livrai as santas almas do purgatório! (300 dias). – 229.

27 – Tudo por vós, Sacratíssimo Coração de Jesus! (300 dias). – 234.

28 – Sacratíssimo Coração de Jesus, tende piedade de nós! (50 dias; I. P. No fim da Missa, rezando-se três vezes com o sacerdote, 7 anos). – 242 e 675.

29 – Jesus, Maria, José, eu vos dou meu coração e minha alma. Jesus, Maria, José, assisti-me na última agonia! Jesus, Maria, José, expire minha alma em paz em vossa companhia. (7 anos a cada uma destas invocações; I. P.). – 639.

30 – Minha Mãe, livrai-me do pecado mortal! Três Ave-Marias . . . (300 dias). – 297.

31- Ó Mãe do amor, da dor e da misericórdia, rogai por nós! (300 dias). – 300.

32 – Maria Santíssima, livrai-nos das penas do inferno! (300 dias). – 301.

33 – Maria, Mãe da graça, Mãe da misericórdia, protegei-nos contra o inimigo e recebei-nos na hora da morte! (300 dias; I. P.). – 307.

34 – Bendita seja a santa e Imaculada Conceição da bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus! (300 dias; I. P.). – 356.

35 – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós! (300 dias; I. P.) . – 357.

36 – Virgem dolorosíssima, rogai por nós! (300 dias. Rezando-se a Nossa Senhora das Dores sete Ave-Marias e uma vez esta jaculatória, 5 anos). – 377.

37 – Doce Coração de Maria, sede minha salvação. (300 dias; I. P.). – 386.

38 – Rainha dos Apóstolos, rogai por nós! (300 dias). – 437.

39 – Ó Maria, Rainha do clero, rogai por nós, obtende-nos numerosos e santos sacerdotes! (300 dias). – 604.

40 – Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós! (300 dias). – 426.

41 – Santa Maria Libertadora, rogai por nós e pelas almas do purgatório! (300 dias). – 425.

42 – São José, Pai nutrício de Nosso Senhor Jesus Cristo e verdadeiro esposo da Virgem Maria, rogai por nós! (300 dias, uma vez por dia). – 459.

43 – São Miguel Arcanjo, defendei-nos na luta para que não pereçamos no tremendo juízo! (300 dias; I. P.). – 442.

44 – Anjo de Deus que por benefício da bondade divina sois meu guarda, esclarecei-me, protegei-me, dirigi-me e governai-me neste dia (nesta noite)! Amém. (300 dias; I. P.). – 452.

45 – Enviai, Senhor, operários à vossa messe! (500 dias; I. P.). – 606.

46 – Doce Coração de Jesus, tende piedade de nós e de nossos irmãos que vivem no erro! (300 dias). – 233.

47 – Que vos digneis chamar à unidade da Igreja todos os que vivem no erro e conduzir todos os infiéis à luz do Evangelho: nós vos pedimos, ouvi-nos, Senhor! (300 dias). – 621.

48 – Que vos digneis humilhar os inimigos da Santa Igreja: nós vos pedimos, ouvi-nos, Senhor (300 dias). – 717.

49 – Graças vos damos, ó Deus onipotente, por todos os vossos benefícios : vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém. (300 dias). – 683.

50 – Suplicamo-vos, Senhor, concedei que na hora de nossa morte mereçamos ser confortados com os Sacramentos, purificados de todas as culpas e ser recebidos jubilosos no seio de vossa misericórdia! Por Cristo, Nosso Senhor. Assim seja. (3 anos; I. P.) . – 649.

(Retirado de: As Mais Belas orações de Santo Afonso – 1961).

Este texto foi útil para você? Compartilhe!

Deixe um comentário