• Reflexão e Conversão

    Da salvação da alma

    1. Há uma só necessidade: salvar a alma; é o dever dos deveres. nenhum deve urgir mais, o descuido de nenhum outro tem tão funestas consequências. Quer vivas pouco, quer muito, nunca terás outra coisa mais necessária a fazer. Sê, pois justo pra contigo mesmo. “Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a alma?” Quanto maior será a loucura, dar a alma não por todo o mundo, e sim por um punhado de bens, de honras, de satisfações carnais, por afeição humana que terminará, ao menos, com a morte! E que dano terás, perdendo todo o mundo, se salvares a alma? nenhum; pois, salva a…

  • Reflexão e Conversão

    Como explicar o fato que grande número de homens rejeita os frutos da Redenção?

    Se Jesus Cristo morreu paro salvar todo os homens, como explicar o fato que grande número de homens rejeita os frutos da Redenção, e qual o meio mais eficaz para remediar esse mal? Já mais de uma vez explicamos que devemos admitir como doutrina certa que Cristo morreu para salvar todos os homens, conforme a palavra de São Paulo: “Deus não poupou seu próprio Filho, mas por todos o entregou à morte”. E o próprio Cristo disse: “Serei levantado (na cruz) afim de que todo o que crê n’Ele, tenha a vida eterna. Porque Deus não enviou seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo…

  • Reflexão e Conversão

    A sinceridade da Confissão

    Não tenhas vergonha de confessar os teus pecados. (Ecl. IV, 31.) Poderá alguém dizer: mas é tão duro declarar os pecados ao sacerdote! Eu sei que é preciso confessá-los, porque vós, Senhor, constituístes o sacerdote juiz, em vosso lugar. E como há de ele julgar, se o pecador não lhe manifestar os pecados que cometeu por pensamentos, palavras e obras? Mas ai! Todo o meu ser, cobrindo-se de confusão e vergonha, está protestando contra semelhante humilhação. Jovem cristã! Nesse mesmo horror e dificuldade tens o princípio da satisfação, que deves a Deus. Esse sentimento de vergonha, que não teve a força de te retrair do pecado, é falso e descabido,…

  • Reflexão e Conversão

    Felicidade de quem se conforma com a vontade de Deus

    Acquiesce igitur ei, et habeto pacem, et per haec habebis fructus optimos – “Submete-te, pois, a Ele, e terás paz; e assim colherás excelentes frutos” (Iob. 22, 21). Sumário. Uma alma não pode ter maior satisfação do que vendo todos os seus desejos cumpridos. Ora, quem não quer senão o que Deus quer, vê realizados todos os seus desejos, pois que tudo acontece por vontade de Deus. Eis aqui portanto o grande meio para sermos sempre felizes mesmo neste mundo: entreguemo-nos inteiramente e para sempre à vontade divina e imaginemos que o Senhor diz a cada um de nós o que disse a Santa Catarina de Sena: Pensa tu em mim, e eu pensarei em ti.…