• Reflexão e Conversão

    Os autênticos representantes do anjo das trevas

    O anjo das trevas é conhecido por todos. É, no dizer de São João, aquela antiga serpente, que se chama o demônio e Satanás, que seduz todo o mundo e foi precipitado na terra… Ai da terra e do mar, continua o vidente de Patmos, porque o demônio desceu a vós, com grande ira, sabendo que lhe resta pouco tempo, para perder as almas (Apoc. 13, 9-12). Eis um texto e uma figura apocalípticos, que se podem aplicar literalmente à época que atravessamos. parece que o fim dos tempos está se aproximando, e que o demônio, ou anjo das trevas, tem pressa em aproveitar o tempo para perder a humanidade.…

  • Orações

    Oração pela Santa Igreja

    Ó Espírito Santo Criador, assisti benignamente a toda a Igreja Católica. Fortalecei-a e confirmai-a pela Vossa divina virtude contra todos os ataques dos inimigos. Renovai também pela Vossa graça e caridade o Espírito dos Vossos Servos que ungistes, para que em Vós glorifiquem o Pai e o Filho Jesus Cristo Nosso Senhor. Amen. (300 dias de lndulg.) Sursum Corda – Manual de devoção da Donzela Cristã no Colégio e no lar, compilado pelas Irmãs Franciscanas, 1946.

  • Orações

    Oração em grandes necessidades da Igreja

    ℣. Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja. ℟. E as portas do inferno não prevalecerão contra ela (Mt 16). Oremos. Afastai de nós, Senhor, todos os perigos do corpo e da alma, e, pela intercessão da bem-aventurada sempre Virgem Maria, Mãe de Deus, de são José, dos vossos santos apóstolos Pedro e Paulo, e de todos os santos, concedei-nos benigno salvação e paz. Ponde termo a todas as adversidades e aos erros, afim de que vossa Igreja vos possa servir em segurança e liberdade. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. ℟. Assim seja. Do livro MAGNIFICAT – Devocionário para uso comum e particular dos fiéis no…

  • Orações

    Sentimentos duma alma arrependida

    Ó meu Redentor, que derramastes todo o sangue e destes a vida para salvar a minha alma, quantas vezes a perdi abusando da Vossa misericórdia! Apoiei-me, pois, na Vossa bondade para mais Vos ofender! Em punição, merecia ser salteado subitamente pela morte e precipitado no inferno: Vós e eu temos rivalizado em persistência: Vós em fazer-me misericórdia, e eu em Vos ofender; Vós, em procurar-me, e eu, em fugir longe de Vós; Vós, em me dar tempo para reparar os meus pecados, eu, em servir-me dele para acrescentar injúria à injúria! Senhor, auxiliai-me eficazmente a conhecer a grandeza das minhas ofensas a Vós, e a obrigação que tenho de Vos…

  • Santos

    São Camilo de Lellis

    São Camilo de Lellis († 1614) São Camilo nasceu no ano de 1550, em Bachianico, cidade do reino de Nápoles. O dia do nascimento foi o da morte de sua mãe. Na idade de 6 anos perdeu o pai, oficial do exército. Do pai parecia ter-lhe vindo a predileção pela vida militar. Mal soube ler e escrever, alistou-se no exército e, moço de 18 anos apenas, tomou parte numa campanha contra os turcos. Gravemente doente, voltou a Roma, onde foi internado no hospital dos incuráveis. A paixão, porém, pelo jogo fez que o demitissem daquele estabelecimento. Posto na rua, doente, pobre, procurou serviço como servente de pedreiro, trabalhando em seguida…

  • Reflexão e Conversão

    A Providência Divina

    Um homem fez uma estátua de bronze. A estátua saiu muito perfeita. Foi colocada numa praça pública. Porém o escultor nunca mais a viu. Nem se preocupou com sua sorte. Mesmo depois de morto o escultor, a estátua continuouna praça porque era de bronze e muito admirada por todos. O que sucede com a estátua não acontece com uma criança. Esta precisa do cuidado constante de seus pais para se criar. Sua mãe a alimenta e cuida de todas as suas necessidades. Quando está maior procura instruí-la. Mesmo depois de grande, os pais não deixam de pensar em seus filhos, de se interessar pela sua vida e pela sua felicidade.…

  • Reflexão e Conversão

    Oitavo Domingo depois de Pentecostes – Pe. Júlio Maria, S.D.N.

    Oitavo Domingo depois de Pentecostes (Luc. 16, 1-9) Naquele tempo, disse jesus aos seus discípulos: Havia um homem rico que tinha um feitor: e este foi acusado diante dele de ter dissipado os seus bens. E ele chamou-o e disse-lhe: Que é isto que ouço dizer de ti? Dá conta da tua administração: porque não mais poderás ser (meu) feitor. Então o feitor disse contigo: Que farei, visto que o meu senhor me tira a administração? Cavar não posso, de mendigar tenho vergonha. Sei o que hei de fazer, para que, quando for removido da administração, haja quem me receba em sua casa. Tenho chamado, pois, cada um dos devedores…

  • Reflexão e Conversão

    Faltas de caridade

    1. As faltas de caridade tem frequentemente sua base no orgulho e na excessiva apreciação do próprio eu. É favorecida por verdadeira ou suposta superioridade corporal ou espiritual, pela inveja e pelo espírito moderno. A falta de caridade facilmente leva a se igualar aos superiores, desprezando os inferiores. Faz esquecer que o próximo representa a pessoa de Jesus Cristo, que o salvou e que o instituiu herdeiro do céu. Acaso ignoras esta lei? Amas a teu próximo como a ti mesmo? Sempre? A todos? 2. Em se tratando de negócio tão importante, examina o teu proceder com a devida seriedade. Não julgas nunca o proceder de teu próximo? Não supões…

  • Reflexão e Conversão

    Oitavo Domingo depois de Pentecostes: O feitor infiel e o dia das contas

    Redde rationem villicationis tuae; iam enim non poteris villicare – “Dá conta da tua administração; já não poderás ser meu feitor” (Luc. 16, 2). Sumário. De todos os bens que temos recebido de Deus, não somos donos, senão simplesmente administradores; e na hora da morte teremos de dar contas exatas a Jesus Cristo, o juiz inexorável. É o que nos ensina a parábola proposta no Evangelho deste dia. Examinemos, pois, que uso temos feito até hoje dos talentos recebidos e dos bens da graça, e se acharmos que estivemos em falta, tomemos a resolução de nos emendar quanto antes. Quem sabe, meu irmão, dentro de que breve tempo se nos dirá…